RSS

Arquivo mensal: novembro 2008

A senha


Mostra ao mundo, Maria. Mostra!
Mostra pra quem te ouve,
Mostra pra que te vê.
Mostra!!
Mostra que a tua imobilidade aparente
tornou-te um ser mais eloquente,
tornou-te um ser transparente,
tornou-te um ícone,
uma semente.
Mostra ao mundo Maria! Mostra!!
Mostra com a tua serenidade.
Mostra a verdade>
NÃO SE MALTRATA EM NOME DO ÓDIO OU DO RANCOR
MUITO MENOS EM NOME DO AMOR!
GRITA ,Maria! GRITA!!!
Não se cale, GRITA!!!
Grita de sua cadeira,
Grita da tua deficiência imposta,
que você não morreu,
que você não morrerá nunca.
que você não é submissa.
Grita pra quem nos humilha,
Grita pra quem nos maltrata.
Grita A SENHA
Grita > MARIA DA PENHA!!!!!
 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de novembro de 2008 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

ESTA DECIDIDO


ESTÁ DECIDIDO!!!!

Marluci Brasil

Nem a tristeza, nem a desilusão,

nem a incerteza, nem a solidão,

NADA ME IMPEDIRÁ DE SORRIR!

Nem o medo, nem a depressão,

 por mais que sofra meu coração,

 NADA ME IMPEDIRÁ DE SONHAR!

Nem o desespero, nem a descrença,

muito menos o ódio ou alguma ofensa,

NADA ME IMPEDIRÁ DE VIVER!

Em meio a trevas, entre tempestades e nos descaminhos,

NADA ME IMPEDIRÁ DE CRER EM DEUS!

Mesmo errando e aprendendo,

tudo me será favorável,

 para que eu possa sempre evoluir,

preservar, servir, cantar, agradecer,

 perdoar, recomeçar.

Quero e vou viver o dia de hoje

como se fosse o primeiro.

Quero e vou viver o momento de agora

como se ainda fosse cedo,

como se nunca fosse tarde.

Quero e vou manter o otimismo,

 conservar o equilíbrio,

fortalecer a minha esperança.

Quero e vou recompor as minhas energias,

 prosperar na minha missão

e viver alegre todos os dias.

Quero e vou caminhar na certeza de chegar.

Quero e vou lutar com a certeza de vencer,

quero e vou buscar com a certeza de alcançar,

quero e vou saber esperar.

Quero e vou realizar os ideais de meu ser.

Quero e vou dar tudo de mim

para viver intensamente

 maravilhosamente

TODOS OS DIAS DE MINHA VIDA!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de novembro de 2008 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

meu vício e o que ele me proporciona


 

Eu sei que tenho um vicio… e o que é melhor…quero conserva-lo. Tenho o vicio na música. O seu efeito é construtor em mim. Ele elabora castelos de carinhos, os constrói e o que é mais gostoso de sentir, ele o vício da música, percorre todos os caminhos de meu corpo material e espiritual.

Amo tanto a música que procurei trabalhar em contato com ela, vejo crianças entrando conhecendo-a em instrumentos musicais e em passos de ballet.

 

Nos finais de semana eu saio pela noite corumbaense cantando…. cantando… e depois, nas tardes/noites de domingo, entrego-me ao prazer da seresta no Bar da Vivi, um recanto onde casais, pessoas simples, que amam coisas simples, se entregam ao embalo da música  e dançam seus medos, seus amores, suas lembranças.

 

Lá encontrei o motivo de minha meditação de hoje. Lá vi o ponto colorido numa tela em branco e preto…. lá identifiquei a fruta no centro da gravura de prédios em série… lá vi um par de olhos fechados em meio a tantos outros arregalados. Um casal me chamou a atenção.

 

Aquilo não é dançar…é passear pela música. Cada nota um passo, cada cadência um sorriso elaborado nos corpos que deslizam juntos, unificados pelo salão com as mãos suspensas formando o eixo que sustenta os passos precisos e cúmplices.

 

O casal , que já denuncia nas têmporas a passagem dos anos, se olham apaixonados com a cumplicidade marota dos adolescentes pegos em pecado. O sorriso no canto dos lábios, os olhos brilhantes, as frases secretas sussurradas ao pé do ouvido… De repente se largam … as mãos se soltam … os corpos se separam, mas o passeio pela musica não é interrompido, é como se cada um deles dançasse em frente a um espelho… e a atração do casamento perfeito da musica e da forma de senti-la os aproxima novamente .

 

Amo vê-los dançar. E concluo que poucos são os parceiros assim tão completos…. mas tenho o meu parceiro… ainda bem que só eu posso vê-lo, senti-lo, dançar com ele.

 

 

                                                    (inspirada na dança maravilhosa de Mazola 

                                                           e sua esposa )

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de novembro de 2008 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

Quero acordar


 Estou sentindo-me em pesadelo. Tem três dias que me pego dormindo mal, sonhando a mesma cena… sentindo o mesmo aperto no centro do peito…

De meu apartamento posso ouvir claramente o bloco carnavalesco CLUBE DOS SEM ensaiando… prestando homenagem…. cantando COMO É BOM VIVER EM CORUMBÁ…  e eu me pergunto se morrer em Corumbá é bom…

Ainda posso ouvir o riso aberto, a voz afinada, o repertório eclético… ainda posso ver na minha lembrança recente a figura humana do amigo que teve a vida ceifada justamente onde morava o seu maior tesouro… e ainda culpam o destino… e eu ainda me pergunto se o destino tem nome, tem carreira,tem ética tem..remorso… se o destino dorme. Não sei até que ponto a noticia que a mim chegou é verdadeira ou se é fruto da dor inconformada diante da morte, só sei que quero acordar…

As serestas de Corumbá não serão mais serestas…serão arestas. Os carnavais de Corumbá não terão mais o brilho da voz perfeita , melodiosa, harmoniosa, afinada, animada do mais puro espírito de luz musical…

As noites em restaurantes, em bares irão experimentar o gosto insonso do paladar musical sem o requinte da simplicidade e do SABER CANTAR BEM ATÉ AS MUSICAS RUINS.

O CANARIO DO REINO, que não precisava de dinheiro pra sentir seu canto, o CANARIO DO REINO que cantava em qualquer lugar, calou-se…emudeceu…

Corumbá perdeu sua melhor voz masculina. A família Mendes, perdeu seu esteio e seu exemplo , eu… eu perdi meu amigo. Um dos poucos amigos que tive e que os cinco dedos de uma única mão conseguiam contar e ainda sobrava dedos de reserva…

Sinto-me em orfandade… órfã de amigo, órfã de ídolo, órfã de cúmplice musical. Perdi o ouvido que ouvia minhas musicas, que me criticava, que me ajeitava a afinação, que me indicava o melhor repertório, que me estimulava, que me corrigia, que me impulsionava…. Perdi o ombro que me dava guarida nos meus momentos de dor e de insegurança… Perdi a mão que segurava a minha antes de encarar o microfone e a voz que sussurrava no olhar ­= VAI LÁ E ARREBENTA, FAZ O QUE VOCÊ SABE QUE SABE FAZER.

Vou ter sempre meu amigo em meu coração e em minhas preces… Cumpri o que prometi pra você NILTON MENDES, cantei enquanto você dormia profunda e definitivamente… cantei com a voz chorando minha alma sofrida pela sua partida… Cumpra agora você a sua … Quando chegar a minha hora… esteja por perto… cantando… Eu , provavelmente estarei meio sem rumo… e vou ter na melodia que sua voz entoar, o norte de para onde dirigir meus passos, e assim, com certeza, verei a luz de NOSSO AMIGO MAIOR= JESUS.

Até lá… descanse em paz !

 

Marluci Brasil

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de novembro de 2008 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

Falando sobre Lindas palavras


VALE A PENA COLOCAR QUE O FERNANDO FEZ ALGUMAS ADAPTAÇÕES…. DO TIPO MASCULINO E FEMININO. MAS NO FIM… A MODIFICAÇÃO FOI EFETUADA NA DEVOLUÇÃO DAS PALAVRAS QUE EU DISSE PRA ELE. E QUE ELE , CARINHOSAMENTE AS DEVOLVEU PARA MIM.Marluci Brasil

Citação

Lindas palavras
Surgiu de um bate papo no MSN…..

Meu net-namorado FERNANDO, fomatou o que eu disse pra ele, e colocou o titulo de LINDAS PALAVRAS.

Lindas palavras….!!!!

Já estou na estação, de malas prontas, esperando o apito do trem.

Preciso te contar sobre as paisagens que vemos, quando o trem passa pelos trilhos cortando o meu pantanal… É lindo!

Contar-te da varanda, da casa da fazenda,

da rede armada, do canto dos pássaros,

da brisa com cheiro de mato.

E do céu azul, imensamente azul, esperando pra ver você na rede,

deitada, junto comigo.

Não espero que você resista… Nem que você insista em se fazer de difícil pra mim.

Não hoje, não agora.

Agora o que sei é que te quero mais menina que mulher, e depois…

mais mulher que menina.

Dupla personalidade! Ah, eu imaginei que tivesse… e isso me encanta.

é o que te darei… Meu encanto!!!

O que mais admiro numa mulher além de sua inteligência, é a personalidade.E se ela tem duas… Tenho mais de uma razão para admirá-la

Assusta-me a mesmice, o corriqueiro, o esperado…

O amor é a linha entre o desejado e o inesperado;

É cria, criatura, criador, criatividade.

Quemnão cria no amor, corre o risco de ser só criatura,

nunca criador.

É bom saber que posso despertar em você a agradável sensação da boa surpresa.

Para mim, a surpresa do não, tem que estar presente. Senão o sabor da conquista se perde na facilidade do ter.

Mas se digo NÃO… sou capaz de transformartodos os SINS EM FONTES DE INESGOTÁVEL PRAZER…

E você vai acabar se esquecendo do não,

de tão bom que o sim vai estar.

 
1 comentário

Publicado por em 8 de novembro de 2008 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

 
%d blogueiros gostam disto: