RSS

Quero acordar

09 nov

 Estou sentindo-me em pesadelo. Tem três dias que me pego dormindo mal, sonhando a mesma cena… sentindo o mesmo aperto no centro do peito…

De meu apartamento posso ouvir claramente o bloco carnavalesco CLUBE DOS SEM ensaiando… prestando homenagem…. cantando COMO É BOM VIVER EM CORUMBÁ…  e eu me pergunto se morrer em Corumbá é bom…

Ainda posso ouvir o riso aberto, a voz afinada, o repertório eclético… ainda posso ver na minha lembrança recente a figura humana do amigo que teve a vida ceifada justamente onde morava o seu maior tesouro… e ainda culpam o destino… e eu ainda me pergunto se o destino tem nome, tem carreira,tem ética tem..remorso… se o destino dorme. Não sei até que ponto a noticia que a mim chegou é verdadeira ou se é fruto da dor inconformada diante da morte, só sei que quero acordar…

As serestas de Corumbá não serão mais serestas…serão arestas. Os carnavais de Corumbá não terão mais o brilho da voz perfeita , melodiosa, harmoniosa, afinada, animada do mais puro espírito de luz musical…

As noites em restaurantes, em bares irão experimentar o gosto insonso do paladar musical sem o requinte da simplicidade e do SABER CANTAR BEM ATÉ AS MUSICAS RUINS.

O CANARIO DO REINO, que não precisava de dinheiro pra sentir seu canto, o CANARIO DO REINO que cantava em qualquer lugar, calou-se…emudeceu…

Corumbá perdeu sua melhor voz masculina. A família Mendes, perdeu seu esteio e seu exemplo , eu… eu perdi meu amigo. Um dos poucos amigos que tive e que os cinco dedos de uma única mão conseguiam contar e ainda sobrava dedos de reserva…

Sinto-me em orfandade… órfã de amigo, órfã de ídolo, órfã de cúmplice musical. Perdi o ouvido que ouvia minhas musicas, que me criticava, que me ajeitava a afinação, que me indicava o melhor repertório, que me estimulava, que me corrigia, que me impulsionava…. Perdi o ombro que me dava guarida nos meus momentos de dor e de insegurança… Perdi a mão que segurava a minha antes de encarar o microfone e a voz que sussurrava no olhar ­= VAI LÁ E ARREBENTA, FAZ O QUE VOCÊ SABE QUE SABE FAZER.

Vou ter sempre meu amigo em meu coração e em minhas preces… Cumpri o que prometi pra você NILTON MENDES, cantei enquanto você dormia profunda e definitivamente… cantei com a voz chorando minha alma sofrida pela sua partida… Cumpra agora você a sua … Quando chegar a minha hora… esteja por perto… cantando… Eu , provavelmente estarei meio sem rumo… e vou ter na melodia que sua voz entoar, o norte de para onde dirigir meus passos, e assim, com certeza, verei a luz de NOSSO AMIGO MAIOR= JESUS.

Até lá… descanse em paz !

 

Marluci Brasil

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de novembro de 2008 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: