RSS

Arquivo mensal: janeiro 2011

SAUDADES DE VOCÊ


 Hoje sonhei com aquele espaço… aquele… lembra?

Aquele perdido entre dois morros… Um vale, pequeno,escondido na mata, mas o sufciente para abrigar uma nascente que se  fez em um lago de águas cristalinas, onde podiamos ver a vegetação submersa dançando ao sabor da corrente aquatica, que nunca soubemos de onde saia, nem para onde ia…

Lembra? Aquele lago que nos enganou. Aquele que se mostrava tão límpido, de águas tão cristalinas que revelava a areia branca no interior, os peixinhos coloridos e o velho tronco de árvore que repousava no fundo.

O lago no vale, rodeado de ipês…roxos, brancos, amarelos, os mesmo ipês que jogavam suas flores pelo chão da mata e que algumas forravam parte do lago. Que lugar mágico….

Nele, brincamos diversas vezes de molharmos o corpo na água gelada e depois rolarmos nas flores coloridas espalhadas pelo chão e  de repente, transformavamos nossos corpos em um arranjo floral de beleza incomum…

Sonhei, nós dois, de novo como crianças arteiras, divididas entre a malicia no olhar e o sentimento no toque quando brincavamos de tirar as pétalas pregadas em nossos corpos, ao som do BEM-ME -QUER…MAL-ME-QUER… até nos vermos desnudos e plenos de nós mesmos…

Sonhei com aquele lugar… sonhei com você naquele lugar…

Sonhei…

———————- ( AUTORIA : MARLUCI BRASIL DE CASTRO)

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2011 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

Olhos, espelho da alma


Tem momentos na vida da gente, em que achamos que não vamos dar conta…. Achamos que é demais, que vamos cair, que não vamos suportar.

Essa é a hora de olharmos nos nossos olhos e nos perguntarmos: Quem é você? Do que você é capaz?

  Eu faço sempre isso. E todas as vezes em que olho nos meus olhos, o espelho de minha alma revela a força que tem dentro de mim, e que eu mesma muitas vezes desconheço.

(autoria : Marluci Brasil de Castro)

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de janeiro de 2011 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

Diante da tragedia, uma suplica ao Redentor.


  OH meu Deus!!!!

 Acalma a mãe natureza!!!

 Devolve aos céus a sua beleza!

 E à agua o poder de lavar o corpo e a alma.

Senhor! Fecha as comportas da barragem acima da terra,

que guarda as chuvas que devem dar vida ao homem,

que devem alimentar a plantação,

que devem saciar a sede…

Senhor!!!! Nosso Brasil sempre foi um mar de bençãos.

Aqui não tinhamos tufões, furacões, desastres e tragedias

que sacrificassem o nosso povo.

O que aconteceu meu Deus ?!!!!

Se estamos sendo punidos, por termos feito vista grossa para as corrupções,

por termos soltos os bandidos….

Se for por isso Senhor.

Tende piedade do povo que ja foi feliz e que hoje é sofrido.

Coloca o Brasil no Seu colo

Abre os braços …perdoa os nossos erros.

Deixa o nosso céu gotejando a água bendita

Abençoa-nos de novo.

(autoria : Marluci Brasil de Castro)

 
2 Comentários

Publicado por em 14 de janeiro de 2011 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

Sonhei com o passado hoje….


 Quantas vezes na minha meninice vi essa cena… Quantas meu Deus!!!! Quantas!!!

O barulho do gado na água!

A voz dos peões… tocando o gado… ôôô boi… vaca…vaca….

O cheiro do pantanal…

Saudades de meu pai… quantas saudades….imensas saudades….

Saudades de minha infancia….

Saudades do passado.

(autoria: Marluci Brasil de Castro)

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de janeiro de 2011 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

Versos ao vento…


 Meus versos gotejam pelos meus dedos, e caem sobre o papel…

 Mas são como folhas ao vento…

Meus versos, cheios de sentimento, contagiados pela saudade do amor distante..

Transformam-se em palavras ao vento…

Sem plateia… sem rima.. sem cores… sem pensamentos e sentimentos sãos…

Eles doentes,  buscam o pouso em Palmas….

Ainda que não sejam as palmas de minhas mãos.

(autoria de Marluci Brasil de Castro)

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de janeiro de 2011 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

 
%d blogueiros gostam disto: