RSS

Versos ao vento…

08 jan

 Meus versos gotejam pelos meus dedos, e caem sobre o papel…

 Mas são como folhas ao vento…

Meus versos, cheios de sentimento, contagiados pela saudade do amor distante..

Transformam-se em palavras ao vento…

Sem plateia… sem rima.. sem cores… sem pensamentos e sentimentos sãos…

Eles doentes,  buscam o pouso em Palmas….

Ainda que não sejam as palmas de minhas mãos.

(autoria de Marluci Brasil de Castro)

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de janeiro de 2011 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: