RSS

ESTOU DE MUDANÇA!

18 jan

ESTOU DE MUDANÇA

Mal começou o ano e eu tenho que acreditar que aquela frase :” ANO NOVO , VIDA NOVA!”  pode ser real se acreditarmos nela.

Ha mais de 5 anos eu venho sonhando com essa “virada” em minha vida. E agora ela realmente acontece. Nunca tive medo de recomeços… \Minha vida toda foi marcada por recomeços: infância/juventude/casamento/recomeço; separação/recomeço; 16 escolas como professora, diretora, coordenadora / 16 recomeços; 8 mudanças de residencia/ 8 recomeços; mais de 7 perdas definitivas de convivência material com pessoas absolutamente insubstituíveis em minha vida / 6 recomeços e 1 tentativa constante de recomeço ( ainda não sei como viver sem meu pai)…Como ter medo de recomeçar?

Não temo o desconhecido, temo o conhecido demais… Gosto da surpresa que o dia-a-dia pode me oferecer.Prefiro a surpresa que pode se apresentar como agradável ou desagradável, do que me consumir em relação ao desfecho de ações que  sei, serão desagradáveis ( mesmo porque dos agentes dessas ações nada posso esperar que não sejam ações desagradáveis), Cansei de desesperança, cansei de decepções, cansei de amargura no meu coração.Quero o novo, quero a surpresa ao dobrar a esquina.

Sim eu sei… sentirei falta dos sabores, do cheiro,do jardim da independência, da praça Generoso Ponce, do Porto Geral,  da visão do pantanal vista da moldura da janela de meu apartamento. Sim eu sei… vou sentir saudades de colegas de trabalho, ex alunos,dos músicos que me acompanharam anos pela música e de alguns conhecidos (com e sem laços sanguíneos).

Não citei parentes? Não, não citei e se não citei é porque não os tenho.Com a morte de meu pai e de minha mãe, as máscaras caíram por terra eu eu me vi orfã de família também.

IR e VIR pra mim, perdeu o sentido… Só o IR tem razão de ser, então eu vou.

Vou em busca de meu filho, minha nora e minha neta.

Vou em busca de oportunidades de estudos para minha filha e neta. Vou em busca  de tratamento adequado para o meu problema de saúde. Vou em busca de amigos que tive na adolescência e que se mostraram fieis, vou em busca de ficar  400 km mais próxima de Cristininha ( mora em São Paulo)e meu sobrinho Dr. Eduardo Alberto (mora em Vitoria/ES) , vou em busca do violão de Jackson Arruda e Zezé Mauro ( mesmo sentindo uma dor imensurável ao me afastar do violão de Carlinhos Cárcano). Vou em busca do piano de meu filho. Vou em busca do sorriso de satisfação dos corumbaenses ao depararem comigo pelas ruas e shoppings da capital.Vou em busca do autentico anonimato  porque não quero viver na sombra do anonimato da fama. Vou em busca de sentir saudades de Corumbá, porque prefiro a saudade de corpo ausente do que a saudade de corpo presente.

Sim eu vou.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de janeiro de 2014 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: