RSS

Vamos falar mais sobre ÉTICA: Faça o que eu digo! Não faça o que eu faço!

25 mar

Sem título

Hoje logo cedo recebi o telefonema de uma ex-aluna muito querida que queria conversar comigo sobre uma aula que dei no curso de magistério quando ainda trabalhava na Escola Estadual Leme do Prado em Ladário.

Devo confessar que fiquei surpresa com e telefonema e principalmente com o tema da conversa que ela queria ter comigo,. E mais, confesso: lisonjeada Isso mesmo:lisonjeada! Incrível como marcamos vida de nossos alunos e nem sempre nos apercebemos disso.

O tema era ÉTICA. Minha ex-aluna e hoje querida amiga, sofre com a “falta-de-ética” no trabalho onde ela desenvolve suas habilidades profissionais.  Disse-me ela que gostaria de “subsídios” para “provocar um debate sobre o tema” quando estivessem reunidos …

Admito que no início achei bizarro mas… mas… mas… como de certa forma é um tema deveras interessante, montei para ela um “resumo consultivo” que vai de certa forma ajuda-la no debate que ela pretende provocar.

Ao reler minhas anotações percebi que algumas delas merecem uma reflexão mais profunda.

  • Vamos lá: Comecei com um conceito básico: Ser ético não é uma habilidade a ser alcançada ou que se aprende, mas sim uma característica individual que deve ser encontrada e lapidada dia-a-dia.
  • Para ser ético, é preciso que seja íntegro. Ser íntegro e integral é respeitar-se como ser humano para não viver situações incompletas. É procurar seu direito com legitimidade. É assumir as responsabilidades de seus atos. É não colocar “adereços” nas situações, fatos, que ele mesmo propaga… Resumindo. A pessoa íntegra não inventa quando comenta.
  • Para ler ético é preciso saber trabalhar em equipe. Trabalhar em equipe é eliminar a prepotência e a hierarquização exacerbada do ambiente de trabalho. A equipe deve ser um grupo de pessoas com uma relação de ganha-ganha, onde ensinar e aprender fazem parte de um mesmo processo contínuo, cujo objetivo comum é construir relacionamentos íntegros, em que os benefícios sejam compartilhados. Resumindo, trabalhar em equipe não é “ditar regras” muito menos trazer pra si o mérito das conquistas, trabalhar em equipe é conjugar os verbos na primeira pessoa sim, mas na primeira pessoa do plural. Esquecer o EU, EU, EU e adotar o NÓS.
  • Para ser ético é preciso ter consciência do produto e/ou serviço que  se está trabalhando, e se não o tiver, ser humilde ao se colocar em situação de aprendizagem.Um profissional ético não pode ensinar o que ele não aplica na sua vida, muito menos aceita responsabilidades para o qual não está preparado.
  • Um profissional ético, não pode se aventurar em comentários (principalmente no seu ambiente de trabalho) no julgo de outros profissionais, ainda que o/a colega esteja errando. Não se sai batendo no peito e gritando suas certezas… O profissional ético conversa com o colega ANTES de levar ao conhecimento dos superiores. Ele tenta entender primeiro o que aconteceu.

Não é fácil ser um profissional ético, somos humanos e por isso passiveis de erros…  Mas numa coisa podemos acertar, e que nos ajudará a sermos éticos: nunca devemos exigir do outro um comportamento que nós mesmo não temos.

 

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 de março de 2014 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: