RSS

Rouca…muda…sem som…sem tom…

07 ago

Meu Deus, Meu Deus!!!

Só quem canta, só quem sente a música como eu sinto e pressinto..

Só quem é cativa da canção poderá me entender.

Sinto a garganta seca. Sinto a alma afônica…

Que vontade de cantar!!!

É quase uma fissura musical que se intalou em mim…

No centro do peito, alojado entre meus seios parece que tenho algo endurecido, encrustido, entubado…

Seria um microfone que eu teria engolido?

Seria o silencio que teria me corrompido?

Ouço tantas e outras canções…

Canto acompanhando o outro artista, mas não é como cantar o meu cantar…

Não quero cachê…

Não quero aplausos…

Não quero público…

Não quero instrumento nenhum me acompanhando…

Quero cantar… só cantar…

Quando canto, vejo uma especie de “aurora boreal” que serpenteia à minha frente…

Saindo pela minha cavidade bucal…

É minha alma cantante… que enrouqueceu… que emudeceu…

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de agosto de 2014 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: