RSS

Certamente…

10 nov

1.jpg

Às vezes é preciso que façamos determinadas perguntas a nós mesmos (ainda que já saibamos as respostas que nos daremos). Uma dessas perguntas é sobre o que queremos REALMENTE.

POR EXEMPLO: __ O que quero para minha vida? Estar sempre certo ou ser feliz?

E olhe que as duas situações, juntas, é impossível.

Estar com razão sempre depende de você defender suas posições (desgaste de energia menta, sem contar que ainda te propicia inimizade, mesmo que não seja essa sua intenção), encoraja as pessoas a se colocarem na defensiva diante de você, e o pior, nos coloca sempre em posição de defensiva também.

Sabemos que ser ouvido e ser compreendido são um dos maiores desejos dos corações humanos. Sabemos que exatamente por isso todos que tenham aprendido a ouvir são mais amados e respeitados (bem ao contrario daqueles que tem o hábito de corrigir aos outros… esses quase sempre são ressentidos e até evitados).

Não quero aqui dizer que não seja bom estar com a razão ou que seja apropriado NUNCA estar com a razão; às vezes isso é até fundamental, mas há certas posições filosóficas que não tem necessidade de serem discutidas como comentários racistas, posições políticas e até religiosas…

Quem é militante, é: Ponto e acabou! Toda e qualquer situação que você pontue, por mais que você exemplifique, sempre vai ser veementemente contradita e encarada como reacionária.

Quem é fanático, é: Ponto e acabou! Todo e qualquer questionamento que você pontue vai ser sempre identificado como heresia e o LIVRO SAGRADO será indicado como “o bater do martelo” gritando na nossa cara:___ Proibido perguntar!

Quem é racista, é: Ponto e acabou! Todo e qualquer ponderação que você pontue sempre será adida de uma frase irônica ou discriminatória ou então uma expressão de desdém no rosto…

Acredito que a melhor forma de transformar-se numa pessoa mais serena e amável é praticar e permitir que os outros tenham a alegria de “estarem certos” __ por isso vivo dando essa glória aos amigos que não pensam como eu… rs… Tem já um tempinho considerável que venho evitando participar do que chamo de “batalha de egos”; assim não preciso sacrificar minhas crenças , minhas opiniões e minha pa-ci-ên-cia.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de novembro de 2014 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: