RSS

Obrigada Lincoln Sama

15 jan

Lincoln

       Há alguns anos venho desenvolvendo o hábito de finalizar o ano e de iniciar o ano elogiando alguém. Isso me faz bem e sei que faz bem também a quem eu, através de meu verbo, me refiro em meus agradecimentos.  Tudo começou quando eu entendi que a GRATIDÃO é uma ação que nos propicia um bem estar incrivelmente bom. Se gastássemos um momento todo dia pensando em alguém para agradecer, veríamos que isso só tomaria alguns segundos para se completar.

     Todos os dias eu penso em alguém para agradecer (ainda que mentalmente) Para mim a gratidão e a paz interior caminham juntas.

     Eu tenho muitas pessoas em minha vida para agradecer: amigos, familiares, colegas de trabalho, qualquer pessoa que tenha demostrado por mim um gesto de carinho. E aqui nem estou me referindo a Deus, pelo presente da vida ou pela beleza da natureza.

    Deixo meu pensamento correr alienatoriamente e ele me mostra para quem devo dirigir minha prece matinal em agradecimento e mandando para aquela pessoa o meu pensamento mais positivo e libertador. Pode ser alguém que tenha me permitido a passagem no transito, o açougueiro que me recebeu com respeito e educação, o médico que me dedicou atenção e cuidou de minha saúde… O ponto importante é que se veio à minha mente é porque mereceu minha atenção e despertou em mim o sentido da gratidão. O interessante é que quando penso numa pessoa, imagens de outras tantas pessoas começam a surgir em minha frente numa sequência que me emociona, porque me dá a certeza de que sou abençoada por Deus por ter tanto e a tantas pessoas que agradecer.

   Hoje eu agradeci a um ex-aluno, hoje um amigo fiel e dedicado. Hoje agradeci a Lincoln Sama Sama. Agradeci pela atenção, pelo carinho, pelo respeito, pela cumplicidade, pela amizade, pelas lembranças boas que me trouxe, pela presença em meus dias.

   Lincoln, quando em sala de aula, não foi um aluno que me marcou… Mas eu devo ter sido uma professora que o marcou porque foi ele quem me lembrou que passou pela minha sala de aula. E eu até me desculpo pelo lapso… são tantos os alunos em 32 anos de magistério que a gente nem se lembra de todos…

   Lincoln adentrou em minha vida definitivamente pelas redes sociais. Um reencontro ou um encontro virtual nos aproximou e hoje eu não consigo pensar o dia sem que a imagem dele não me venha à memória.

    Em Campo Grande, Lincoln me leva para lugares onde tem música ao vivo, e me apresenta com um orgulho que eu mesma já não tinha de mim mesma. E quando estou cantando, olho pra ele e o vejo com uma satisfação no olhar e no sorriso captando a reação das pessoas que me assistem e me mostrando nos intervalos em suas observações cheias de entusiasmo que eu agradei a todos.

    Como não amar uma pessoa assim? Como não agradecer a ele pela injeção de ânimo, a devolução da autoestima baqueada pela indiferença sofrida nos últimos anos de minhas atuações artísticas?

    Quem é artista SABE o que a indiferença da nossa arte faz com o âmago de nossa alma! Lincoln me “chocalhou”, me instigou, me tirou do coma…

     E hoje pela manhã eu conversei com Deus:

    Senhor! Obrigada por ter me colocado o Lincoln novamente em meu caminho e que ele me perdoe se eu só o notei agora. Cuida dele Jesus. Faz dele seu pupilo predileto. Esteja ao lado dele. Protege-o. E passe initerruptamente a ele a certeza de que eu serei sempre agradecida! Obrigada Senhor! Obrigada Lincoln!

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 15 de janeiro de 2015 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: