RSS

Estou indo embora…

29 out

Houve um tempo em que quis muito pegar a estrada, sair do lugar onde eu estava, respirar novos ares, pisar novo chão, reconhecer novos rostos cruzando por mim nas ruas, que seriam outras…
Quis tanto, tanto, tanto… E GRAÇAS A DEUS consegui o que queria…
Na verdade, não tenho do que me queixar. Eu sempre consegui tudo o que eu quis. Posso não ter conseguido o que quis pelo tempo que quis, mas em toda minha vida experimentei o sabor de ter aquilo que quis ter, de ser aquilo que quis ser.
De uns dias para cá venho tendo insônia … quase não durmo…
Acesso a internet e me pego buscando fotos de cidades desconhecidas, estradas a perder de vista, malas …
O interessante é que são malas vazias… como se eu estivesse deixando tudo para traz, como se estivesse mudando de ares, com a roupa do corpo… ou da alma… sei lá…
Sinto-me indo embora sem saber para onde… E me vejo querendo ir embora….
Ah! Essa alma inquieta…

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de outubro de 2015 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: