RSS

Arquivo mensal: março 2016

Ódio político X idolatria lulista


Sem títuloODIO E IDOLATRIA

Já estive envolvida com a política por diversas vezes.
Fui candidata a vereadora por três vezes em minha cidade, e quando ‘”percebi” como a política REALMENTE acontecia em nosso país optei por ficar no décimo escalão da política.
Só para esclarecer como eu faço o “escalonamento político brasileiro” relato para quem me lê que para mim existe patamares na política;
1ºescalção: candidato eleito
2º escalão: Assessores diretos, Ministros e Secretários, Dirigentes do Partido
3º escalão: Coordenadores de Campanha do político eleito e Financiadores de campanha do político eleito
4º escalão: Responsáveis pela parte financeira da instituição sob responsabilidade do político eleito
5º escalão: Amigos particulares do político eleito
6º escalão: Parentes do político eleito que são beneficiados por outro político eleito, que por sua vez tem os seus parentes beneficiados pelo político eleito (uma troca de favores para não configurar nepotismo)
7º escalão: candidatos não eleitos do partido do candidato eleito (a famosa escadinha política)
8º escalão: militantes do partido do candidato eleito
9º escalão: imprensa (é melhor tê-la como aliada)
10º escalão: Eleitor consciente (aquele que não vendeu seu voto, e que ajuda a administração dando ideias)
Isso porque sempre fui consciente do voto que dei para os candidatos em quem votei.
Não vou negar que alguns me decepcionaram e que por mais de 15 vezes eu me arrependi amargamente do voto de confiança que dei, mas quem nunca errou tentando acertar? Por isso estou sempre tranquila em minha opção de voto.
Diante do cenário político que nosso país está vivendo optei por não manifestar minha opinião pessoal por entender que não estamos vivendo uma crise política. Estamos vivendo uma CRISE EXISTENCIAL.
O que vejo não é este partido contra aquele partido. O que vejo é o ódio político contra a idolatria lulista.
Não vejo eleitor consciente o suficiente para enxergar os pontos negativos do governo atual sem que isso o impeça de admitir que tiveram sim pontos positivos. O que vejo é o estigma da frase: SE É PT, NÃO PRESTA. É LADRÃO. E eu não penso assim.
Não vejo militante consciente o suficiente para receber as críticas recebidas ao seu partido sem que isso gere crises de idolatria em relação ao “garoto propaganda” do partido que ele diz amar em função da idolatria que tem pelo “eterno” líder do partido.
O que tenho visto são seres humanos, se agredindo, destruindo patrimônio público, pancadaria, extrapolação, a medida se perdendo o bom senso se dissipando. O que vejo é histeria. E dos dois lados da moeda.
De um lado vejo uma chamada a depoimento sendo comemorado como se fosse uma final de campeonato vencido por uma diferença de 13 gols ainda já nos últimos minutos do segundo tempo.
Do outro lado vejo a defesa de um nome, de uma pessoa com uma dose de fanatismo que beira a loucura…
Não… não acredito que estamos preparados para a democracia… E permaneço no 10º escalão agora mais em paz comigo mesmo, quando já não sou obrigada a dar o meu voto a quem quer que seja.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de março de 2016 em MEUS ESCRITOS

 

Tags: ,

 
%d blogueiros gostam disto: