RSS

CLASSE DOMINANTE E INOCENTE-ÚTIL

05 abr

12963823_10201348983402972_2995047089423875967_n

Hoje vi a postagem deste arquivo na rede social e diante dos comentários que ele gerou percebi mais uma vez o quanto é preciso ler mais do que as palavras para entender o texto.

Se eu estivesse em sala-de-aula faria uma interpretação de texto com meus alunos, mas agora não pode mais, não é?
Parece que ao professor é negado o combustível de sua ação: o ensinar…
Parece que agora a “educação bancária” voltou com força total… Só podemos ensinar aos alunos o que é aprovado pelo “banco central da corrupção “ ou seja só podemos ensinar aquilo que “políticos que não entendem de educação“ acham que podemos ensinar.
E o pior é que eles se baseiam na sua visão do que é certo ou errado em educação e nem sequer se educaram para exercer a cidadania…
Candidatam-se por cargos, comissões, regalias e salário…. um gordo e apetitoso salário.

Mas voltando ao arquivo, precisamos entender os termos. E o primeiro termo que nos chama a atenção é CLASSE DOMINANTE.

Afinal qual é a classe dominante hoje no nosso país? Os Ricos? Se for a dos ricos, ai incluímos os políticos (não conheço nem um pobrezinho de marré-marré-marré).
Então eu poderia dizer que tanto os políticos da POSIÇÃO quando da OPOSIÇÃO estão inclusos na “classe dominante”.

Então o arquivo ficaria assim: OS POLITICOS TANDO DA POSIÇÃO QUANTO DA OPOSIÇÃO NÃO TEM ÓDIO.TEM ASTUCIA. O ÓDIO ELE TERCEIRIZA E OS INOCENTES-ÚTEIS, DIVULGAM!

Chegamos a uma segunda linha de interpretação: o que é terceirizar?
É dar à terceiros (e aqui cabe identificar o “terceiro” como im membro da familia, só para ficar mais fácil de entender. Tem a família, tem o parente e tem o aderente … E esse , o aderente, é um ilustre desconhecido para a família) Então terceirizar é dar a terceiros a incumbência de praticar a ação; ou seja de divulgar o ódio, de espalhar, de difundir, de alimentar.
E quem seriam esses terceirizados? É claro:os “inocentes-úteis” !!!! E quem são os “inocentes-úteis”? São aqueles que acreditam cegamente na “classe dominante” que nem sabe da existência do “inocente-útil” a não ser em época de eleição, ou para brigar por ele…
Em sociedade não temos saída, ou somos um ou somos o outro…
É, se você que me lê não é “classe-dominante” sei como deve estar se sentindo…
Resta pensar e decidir se você ainda vai se permitir ser visto, tratado e usado como um inocente-útil.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de abril de 2016 em MEUS ESCRITOS

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: