RSS

Arquivo mensal: agosto 2016

MENINA DOS VENTOS


262f8a83-aab2-4418-9c32-243c62ba66e6

Entre mim e o vento existe mais do que um acordo…

Existe a cumplicidade andarilha e a sabedoria ancestral

Não temos idade, temos TEMPO.

Não temos regras, somos livres

Não utilizamos escadas

Temos um pedestal
Entre mim e o vento existe o compromisso e a promessa

De carregar a poeira e o lixo da alma para dunas estéreis.

Somos impares e ousamos sê-los.

Nós renascemos nos desafios

Nós nos alimentamos nos assovios

De folhas em arvores ou nos fios de meus cabelos.

 

Entre mim e o vento existe mais do que a alegria das coisas mundanas

Existe uma vontade quase insana

De transpor barreiras ,suturar cicatrizes, sustentar as marquises

De ser rasa no profundo

De ser o útero do mundo…

 

Se o vento molda as rochas, se

desenha na areia do chão,

Eu moldo meu destino

Eu decido minha opção

 

Sou a menina dos ventos

Essa é a alma que tenho

Se a mim fecham portas e janelas

Eu entro pelas frestas

Assumo minha posição.

 

Sábio o homem que me valoriza

Porque eu serei a Eva

E farei dele o Adão!

 

(TEXTO DE MARLUCI BRASIL _ Respeite os direitos autorais)

 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 de agosto de 2016 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

Cachoeira


Minha vida tem sido riacho

Tem sido rio em tempos de enchente

Tem sido seca de leito rachado

Tem sido queda livre que transporta gotículas em nuvens de fumaça úmida

Quando despenca em si mesmo

Canta feito cachoeira…

E minha alma inteira

Se afoga em fusão de areia que flutua e de bolhas que se formam…

 

(texto de Marluci Brasil __ respeite os direitos autorais)

 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 de agosto de 2016 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

SER SOZINHA E ESTAR SOZINHA


Existe uma diferença gritante entre SER SOZINHA e ESTAR SOZINHA.

SER SOZINHA é ser solitária e se sentir bem assim, só com você mesma

SER SOZINHA é andar lado a lado com seus sonhos,

Seus medos, seus segredos…

SER SOZINHA é opcional, não é imposição. É opção!

SER SOZINHA é namorar seus pensamentos

É escolher os seus momentos

É saborear os seus sabores

É rir de si mesma

É gostar de ter as suas coisas de acordo com as coisas suas…

É se corrigir diante do espelho é se olhar no olhos e se elogiar

Ou então proclamar para si mesma:

__ Coragem, vai fundo! Eu confio em você! Não esmoreça.

Ou então fuzilar a sua imagem com o olhar e dar um basta na situação.

SER SOZINHA é o que gosto de ser, é o que quero ser, é o que amo ser.

 

ESTAR SOZINHA é diferente…

ESTAR SOZINHA é ter a casa cheia de gente que não conversa com você

Pessoas para quem você tem que ser “chata” para ser notada

ESTAR SOZINHA é chorar olhando no espelho e ver aquele grito de SOCOOOOORRRO no próprio olhar.

ESTAR SOZINHA é sentir a palavra na ponta da língua, lambendo os lábios mas aprisionada na garganta, encarcerada pelos dentes…

ESTAR SOZINHA é ser uma TREMA na pontuação da constelação familiar

É ser lembrada em ocasiões especiais … mas totalmente desnecessária…

ESTAR SÓZINHA É SE RECONHECER NO ROSTO SEM TRAÇOS FISIONÔMICOS DA MULTIDÃO.

ESTAR SOZINHA NÃO É OPCIONAL. É CONDIÇÃO. É IMPOSIÇÃO.

ashiya_mizuki___no_face_by_nlsanchez-d3b9rl2

 

(TEXTO DE MARLUCI BRASIL ___ respeite os direitos autorais)

 

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de agosto de 2016 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

 
%d blogueiros gostam disto: