RSS

Arquivo mensal: outubro 2016

GRATIDÃO


gratidao

A vida tem sido surpreendente. Ela me acaricia e me bate.Me bate e depois assopra onde me bateu. Eu? Eu grito, Fico muda.Esperneio. Caio em prantos e grito minha dor. Deixo as lágrimas rolarem despudoradamente e silenciosamente sob meu rosto. Minha reação tem sido como a vida: inesperada…surpreendente.

A alguns anos atrás eu me tornei uma REIKIANA , e o Reiki me ajudou muito na época. Depois eu me esqueci da prática . Cai na rotina…

Novamente a vida resolveu me “dar um baile”. E o Reiki surgiu repentinamente e me mostrou que nunca foi embora.”Uma vez reikiana, sempre reikiana” Dei continuidade aos meus estudos e me entreguei à prática novamente.

Nos meus estudos a palavra GRATIDÃO surgiu como o remédio diário para que eu pudesse manter minha serenidade. Uma amiga percebeu minha mudança e me perguntou como fazer, se era preciso ser reikiana para fazer o que eu fazia.

__ Não querida! Não precisa ser reikiana para ser uma pessoa agradecida. Mas eu te mostro sim o que eu faço diáriamente. Fiz o arquivo em word. Leio todos os dias e percebo que tenho muito mais que agradecer do que me lamentar. Sei que é pessoal, mas se meu exemplo serve para ajudar, eu o torno publico.

É isso que digo todos os dias ao Deus, ao universo e a mim mesma.

A GRATIDÃO TRANSFORMA

A gratidão sincera é um atributo divino e um mandamento. Ser grata é uma escolha que faço.

 

 

 

Habilidades físicas pelas quais sou grata

 

Sou grata pela minha visão. Com ela posso enxergar as cores, as paisagens que me encantam, posso apreciar o belo.

Sou grata pela minha audição. Com ela posso ouvir musica, a voz dos meus entes queridos, conselhos, declarações de amor e amizade

Sou grata pela minha voz, com ela posso expressar meu pensamento, posso falar, posso cantar

Sou grata pelo meu paladar, com ele posso sentir sabores e saciar minha fome de maneira prazerosa

Sou grata por, mesmo com dores, conseguir andar. Posso ir onde quero ir

Sou grata por meu corpo físico ser saudável e livre de doenças contagiosas ou terminais

Sou grata pelos meus cabelos que emolduram meu rosto

Sou grata pelas minhas mãos que me permitem o prazer da escrita e levam o alimento até minha boca

Sou grata pelos meus órgãos internos que funcionam adequadamente e me mantem viva.

 

 

 

 

 

 

 

Bens materiais pelos quais sou grata

 

Sou grata pelo apartamento de Corumbá. Com ele sei que minha filha tem um teto onde se abrigar.

Sou grata pela casa de Corumbá. Com ela sei que meu filho tem um teto onde se abrigar

Sou grata pelo jazido da família em Corumbá,  porque com ele sei que os restos mortais de minha família tem onde um lugar para descansar.

Sou grata pelo meu carro, velhinho mas feito sob medida para mim e pelo fato de ter sido comprado à vista.

Sou grata pelos moveis de minha casa, todos pagos e meus

Sou grata pelas muletas que me ajudam a caminhar e tornam minhas dores mais suportáveis

Sou grata pelos computadores que tenho que me ajudam nas minhas aulas e com o meu repertorio musical.

Sou grata pelo meu microfone shury  algo que eu sempre quis ter

Sou grata pelo meu telefone celular que me mantem conectada

Sou grata pelos minha medalha de Nossa Senhora das Graças que sei que me protege.

 

 

 

Pessoas vivas pelas quais sou grata

 

Sou grata pelo meus filhos Luiz Felipe, Leatrice, Eduardinho e Gisele  que amo tanto

Sou grata pelas minhas netas Hena Iara, Maria Luiza, Julia , Bruna e Maria Eduarda que amo tanto.

Sou grata por Clarice, Bianca, Luiz Fernando e Paulo Cesar  que participaram da criação de vida de minhas netas

Sou grata por Cristininha, minha irmã de alma

Sou grata por Renata Christoforo que me mantem racionalmente sadia

Sou grata por Suca, e Bitati  que me fazem tão bem

Sou grata a Norma Chamorro pela leveza de alma que me encanta.

Sou grata por Ruiter Cunha de Oliveira por ter surgido em minha vida de forma tão “pra sempre”.

Sou grata por Amanda Miguel e Tito Thu que me fazem sentir vontade de abraçar até o vento cada vez que penso neles…

Sou grata por Carlinhos Carcano, Davi Monteiro, Laercio Honorato, Jackson Arruda, Cachingue,  Maestro Vandão, Mestre Galvão, Zezé Mauro, Serginho, Vlade e Gerson músicos que me acompanham e me deixam à vontade com a música que gosto de fazer.

 

 

 

 

Pessoas falecidas pelas quais sou grata

 

Sou grata por meu pai Betinho que me ensinou o que é amor verdadeiro

Sou grata pela minha mãe Hena, que me ensinou o valor da família e da criatividade

Sou grata por Marcia, minha irmã que me ensinou a amizade e o companheirismo

Sou grata por Gude, por Luiz de Sá, Por Nilton Mendes,Rosa Mavignier amigos tão queridos.

Sou grata por Tio Costinha, uma pessoa que me ensinou sobre a fé

Sou grata por tia Maria Cristovan, que me ensinou sobre o som da alma

Sou grata por vovó Lucinda, que me ensinou sobre resignação e fraternidade

Sou grata por Elis Regina, Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Emilio Santiago e Gonzaguinha que me ensinaram sobre musica de qualidade

So Sou grata por tia Astrea que me ensinou sobre coragem e determinação

Sou grata por Betina que me aproximou de Eulina.

 

 

 

 

Coisas da natureza pelas quais sou grata

 

Sou grata pelo sol, que aquece e ilumina o dia

Sou grata pela água que mata a sede e me banha

Sou grada pela chuva, que deixa o ar muito melhor.

Sou grata pelos rios e mares, que dão sempre uma sensação de continuidade do tempo e da vida

Sou grata pelo vento que acaricia minha pele e afaga meus cabelos

Sou grata pelo verde das arvores que me lembram de ter esperança sempre

Sou grata por animais que nos fazem companhia.

Sou grata pelas estrelas que iluminam em enfeita a noite

Sou grata pelos rios represados que apenar de invadidos em seu leito nos presenteiam com a eletricidade

Sou grata pela terra que ao ser cortada, arada ainda nos presenteia dom verduras, legumes e frutas.

 

 

 

 

 

Lugares no mundo pelas quais sou grata

 

Sou grata pelo meu Pantanal que me enche os olhos com sua beleza.

Sou grata por Campo Grande que me recebeu tão bem e de onde não pretendo sair nunca mais.

Sou grata pelas praias do meu país tão belas

Sou grata pelo Forte de Coimbra e a lembrança que ficou em minha memória.

Sou grata pelas escolas que trabalhei

Sou grata pelos palcos onde me apresentei

Sou grata pelo córrego urucum ( em corumbá) que me faz menina toda vez que me lembro dele.

Sou grata pelas escolas que colaboram na educação de minhas netas

Sou grata por Gramados (cidade) por existir e por manter acesa a esperança de um dia conhece-la.

Sou grata pela Europa por dar identidade à minha alma.

 

 

 

 

 

 

Invenções modernas pelas quais eu sou grata

 

Sou grata pela energia elétrica que permitiu que o futuro se tornasse presente gradativamente com o passar dos anos.

Sou grata pelos aviões que apesar de tão pesados se mantem no ar e nos transporta.

Sou grata pelos automóveis que vieram somar à tudo o que foi criado para ajudar o homem.

Sou grata pelas vacinas que protegem o corpo dos males que assombram a humanidade

Sou grata pelos aparelhos que fazem os exames que nos garantem o tratamento correto para os males e nos ajudam a cuidar da saúde

Sou grata pelos aparelhos de ar refrigerado e do ventilador que nos fazem sentir melhor em dias de calor

Sou grata pelo chuveiro elétrico que nos permite tomar banhos em dias de frio

Sou grata pela internet que nos aproxima e nos informa

Sou grata pelos óculos que me permitem a visão clara

Sou grata pela geladeira que permite que nossos alimentos não se estraguem

Sou grata pelo gás de cozinha que permite que eu faça comida para meus filhos e netas

 

Alimentos pelos quais eu sou grata Sou grata pelas verduras, pelas frutas, pela proteína, pelo shushi, pelos grãos, pelas massas, pelo pão, pelo queijo, pelo café, pelo leite, pelos doces e tortas e todo alimento que coloco em minha boca, nutro o meu corpo físico e o faço com prazer. Sou grata porque com eles conheço a saciedade e me alimento.
 

 

 

 

Mensagens do evangelho pelas quais eu sou grata

 

Sou grata pela mensagem NA CASA DE MEU  PAI EXISTEM VÁRIAS MORADAS porque ela me dá a certeza de que deus é tão bom e justo que tem toda sua criação como seus filhos e dá a cada um o direito de escolha e mesmo diante das escolhas feitas ele sempre terá em sua morada um lugar para cada filho. Me mostra que ELE não é seletivo nem vingativo.

Sou grata pela mensagem VINDE A MIM, TODOS VÓS QUE ESTAIS AFLITOS E SOBRECARREGADOS PORQUE EU VOS ALIVIAREI. Isso me acalma e me dá a certeza de que nunca estarei sozinha.

Sou grata pela mensagem AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS E AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO porque ela me mostra o caminho da paz e da harmonia entre as pessoas.

Sou grata pela mensagem NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÁ A VOSSA MÃO DIREITA porque ela me lembra o verdadeiro sentido da caridade.

 

 

 

10 coisas do dia de hoje (__/__/__) pelas quais eu sou grata.

 

Sou grata por ter acordado, aberto meus olhos e perceber o mundo das cores e das imagens.

 

(aqui eu coloco tudo o que me aconteceu de bom nesse dia)

ASSIM EU ME CONVENÇO DE QUE PROBLEMAS EXISTEM, MAS QUE SOU FORTE E QUE TENHO MUITO MAIS A AGRADECER DO QUE A PEDIR.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 15 de outubro de 2016 em MEUS ESCRITOS

 

Eu criança!


 

A criança que vive dentro de mi muitas vezes me pega de jeito, me surpreende…

Ela se atira nos desafios sem medo, e se tropeça e cai, se levanta imediatamente, e mesmo chorando por causa do machucado, ela ri porque esta feliz por ter levantado.

A criança que vive dentro de mim, é como toda criança. Inconsequente, mas pura. Não planeja, não guarda rancor, não deseja o mal de ninguem.

A criança que vive dentro de mim é a única parte de mim que está comigo desde que nasci e não me abandonou diante das fases da vida.

Por ela passaram a adolescência, a juventude, a maturidade e a velhice se aproxima… E provavelmente quando a velhice me deixar, como me deixaram a adolescência, a juventude e a maturidade; provavelmente ela é a única que vai ficar comigo até o fim.

 

(texto de Marluci Brasil ___ respeite os direitos autorais)

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de outubro de 2016 em MEUS ESCRITOS

 
Vídeo

Nossa Senhora Aparecida


 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de outubro de 2016 em MEUS ESCRITOS

 

Esclarecendo os pontos…


sem-titulo

_ Toca o telefone, eu atendo. Uma amiga, querendo saber de mim. Oferecendo seu ombro para o meu coração que “deve estar partido, dividido”.

_ Não querida… Meu coração não está dividido nem está partido. Está inteiro e em paz. Quem tiver capacidade para entender que entenda, quem não tiver , que respeite… Já está de bom tamanho. Não estou dizendo que a situação não foi delicada. Foi sim, mas já passou. E tudo se definiu do jeito que tinha que ser. Do jeito que o destino escreveu. Do jeito que Deus determinou que fosse.

Eu não tomei partido porque não quis me apartar nem de um nem de outro. Pra mim eles não são representados por números nem por siglas. Mas sim pelo papel que desempenharam e desempenham na história de minha vida.

Sim. Eles, os dois, me ajudaram quando precisei. E não estou falando de cargos nem de valores, mesmo porque eu também os ajudei, e nada foi de graça, nem pra mim, nem pra eles.

Ruiter é um ser humano maravilhoso, que me ensinou muito. Especialmente porque me ensinou a transformar antipatia em simpatia, indiferença em fraternidade, desamor em amor e me fez fazer uma releitura do que seja uma amizade sincera, profunda, inquestionável, incontestável, coesa e inabalável.

Ruiter (no meio de um momento turbulento em minha vida) surgiu do nada… Caiu de paraquedas… Quando eu estendia a mão buscando o apoio de outras mãos… Quando meus dedos tentavam se ancorar em outros dedos para juntar as palmas e unir as forças… Ruiter surgiu me abraçando por trás, me erguendo pelas axilas, sustentando meu peso sob meus joelhos doloridos, secando o suor em minha fronte, colocando água em minha boca sedenta, e sem me pedir absolutamente nada em troca olhou nos meus olhos de uma maneira profunda, me sorriu e PENSOU… apenas PENSOU: “EU ESTOU AQUI”. E desde então nunca mais saiu dali.

Onde quer que eu estivesse passando o que eu estivesse passando… bastava uma linha, um telefonema e eu sabia que poderia encontrar um parecer amigo, um abraço, um olhar, um sorriso, um conforto.

A forma como Ruiter me respeita, a forma como ele me quer bem e como ele se porta me ensina a perdoar, me ensina a filtrar, me ensina a pensar que se um dia eu puder reencarnar, quero tê-lo em meu seio familiar. Eu agradeço TODOS OS DIAS por ter RECONHECIDO o Ruiter ainda nesta encarnação.

Eu agradeço TODOS OS DIAS, pela vida de sua família, pelos seus amigos, pela sua saúde, pelo seu sorriso. Nunca vou me cansar de lhe dizer que ele pode contar comigo nesta e nas próximas “trocentas” reencarnações. Eu vou estar incansavelmente ao seu lado, lhe abraçando por trás, lhe levantando, enxugando o suor de sua testa, olhando nos seus olhos e pensando. EU ESTOU AQUI. Reafirmando que eu o amo mais do que eu possa me manifestar.

Paulo foi chegando devagar, não foi uma surpresa. Ele na verdade, chegou acompanhado do Ruiter e seu sorriso, sua forma de defender suas posições foram conquistando minha admiração. Me estendeu a mão, parou para me ouvir. Pediu o meu parecer e ai me mostrou que eu tinha uma importância na vida dele que eu não sabia que tinha.

Paulinho ( como eu costumo chama-lo ) não me pegou de susto. Tudo entre nós foi sendo construído no dia a dia, aos poucos, mas de forma firme, coesa.

Tenho por ele um carinho quase maternal. Eu o quero bem de verdade. Independente do que aconteceu ou deixou de acontecer em nossa história. Eu o quero muito bem. Não concebo meu olhar para ele que não seja seguido de um sorriso na alma e um carinho no coração. Ele me faz bem. O que sinto por ele me faz bem!

Os dois escolheram a politica para a realização de seus planos de vida. Eu não… Então por que tenho que sentir-me dividida? Com o coração partido.

Estou inteira e leve. Sei o que sinto pelos dois. Não parei e nem vou parar para pensar qual dos dois tem maior significado para mim. Porque dentro de minha perspectiva de amizade os dois tem a importância que devem e merecem ter.

( texto de Marluci Brasil)

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de outubro de 2016 em MEUS ESCRITOS

 

Tags: , ,

 
%d blogueiros gostam disto: