RSS

Arquivo da tag: POEMAS

Quando a poesia traduz o que min´alma sente…

Meu pai! Meu querido, meu velho, meu amigo!


 

Não me lembro dos ruídos percebidos no útero de minha mãe…
Mas me lembro do toque de sua mão quando acariciava a barriga dela… Meu ser ainda em feto, sabia que era você…

Não me lembro dos tombos que levei quando comecei a andar,
mas me lembro da segurança de seus braços me levantando do chão e me colocando sobre seus pés para me ensinar a seguir os seus passos e aprender a andar. ..

Não me lembro de minha primeira professora, mas me lembro de seu olhar atento me ouvindo na primeira leitura e de seu abraço quando eu finalmente venci o analfabetismo….

Não me lembro de minha primeira nem da segunda nem da ultima decepção que tive com as pessoas que amei, mas me lembro de você, segurando minhas mãos , me olhando nos olhos e me dizendo.: Você vai superar isso. Você é forte. Você é minha filha!

Não me lembro de meu primeiro namorado nem de meu primeiro beijo, mas me lembro de seu olhar amigo me ouvindo te contar qual era a sensação ao experimentar o mundo dos adultos, ainda adolescente….

Não me lembro de das dores que tive para dar a luz aos meus filhos, mas me lembro de seu olhar para mim quando você entrou pela porta da maternidade trazendo meu filho e depois minha filha em seus braços para entrega-los aos meus braços…

Não me lembro do de muita coisa, de muitas situações, de muitas pessoas que passaram pela minha vida mas me lembro de que jamais esqueci e jamais esquecerei você.

Te amo Pai!

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de agosto de 2017 em MEUS ESCRITOS, MEUS VIDEOS

 

Tags: ,

Entalada…


Há dias que meus versos ficam burilando a ponta de meus dedos…

Querendo saltar para o papel em branco

Na verdade eu sei que eles já estavam lá…

Em letras transparentes  invisíveis no papel alvo que me pedia:

_ Não , não escreva! Hoje não!

Não quero dividir com você essa aflição,

esse “sem jeito”,

essa maçã entalada na garganta,

esse nó no centro do peito.

 

Olhei o papel,  folheei o caderno…

Busquei outras folhas…

Em todas eu lia o mesmo pedido…

Obedeci…

Não escrevi…

O ácido do sugo gartrico foi amolecento a “fruta”…

Engoli!.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de agosto de 2017 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

MEUS HERÓIS


Meus heróis não morreram de overdose,

Eles morreram em combate,

Defendendo a MINHA VIDA.

Meus heróis usam farda !

Na maioria das vezes chegam antes

Da “justiça dos homens” falha e tarda.

Meus heróis não podem

“esperar ser alvejado para depois se defender”

Meus heróis não são escudos humanos.

De alma e coração.

Meus heróis  tem meu apoio quando

Se defendem

Me defendem

Te defendem

Tomam a frente,

Limpam o campo

E assinam o dito da vez:

MELHOR SER JULGADO POR SETE

DO QUE CARREGADO POR SEIS!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de julho de 2017 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:


Meu coração precisa aprender a pensar…
Preciso que ele tome decisões “pensadas”…
Essa coisa da emotividade não compensatória, é um perigo constante…
A emotividade afoga, refluxa as dores e elas se concentram na “boca do estômago”…
Coração que não pensa vira tapete, placa enferrujada, panela sem cabo, faca sem corte…
Coração que não pensa é porta sem tranca em noite de chuva e ventania…

( Texto de Marluci Brasil)

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de julho de 2017 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

Meus versos


 
Meus versos são mais do que palavras inúteis
mais do que rimas fúteis,
mais do que choro sem dor.
Meus versos são canções ao vento
são alegria e lamento,
são respingos de amor.
 
Meus versos são mais do que palavras perdidas
mais do que experiências vividas
mais do que submissão.
Meus versos são clarões noturnos
são compêndios diurnos
são bater de coração.
 
Meus versos são mais do que palavras rebuscadas,
mais do que arte inacabada,
mais do que a arte do sofrer.
Meus versos são fontes de vida,
bálsamos de minhas feridas,
sem eles… posso morrer.
 
(poema de autoria de Marluci Brasil __ respeite os direitos autorais)
 
OBS um grande abraço a todos os meus amigos poetas e poetisas. __ Dia 14 de março: DIA DA POESIA.
 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de março de 2017 em MEUS ESCRITOS

 

Tags: ,

INFANTE


340x255

Totalmente incapaz!

Incapacitada de chorar,

de odiar, de desfazer,

de refazer, de ressentir…

Entreguei meu coração às plumas,

esqueci minha alma entre as brumas e sublimei

 

Aportei meus pensamentos na esperança

“Alzaimeei” minha memoria até ficar criança.

E as brincadeiras de ponecas,

os passeios nos jardins,

o riso solto e fácil com palhaços nos circos,

voltam a ser minha expressão de viver,.

Porque hoje

totalmente incapacitada

só assim consigo ser.

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de fevereiro de 2017 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

Intrínseca


amor-gotico

Fique calada.

Não fale nada.

Não veja nada.

Não sinta nada.

Sua palavra é contradita

Antes de pronunciada.

Portas que batem

Distorções na face aborrecida

Fique calada!

Não veja nada.

Não fale nada.

Não sinta nada.

Fique em branco e preto na foto colorida…

Congelada.

Fique calada!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de janeiro de 2017 em MEUS ESCRITOS

 

Tags:

 
%d blogueiros gostam disto: